Entenda vantagens e como fazer treinamento com virtual de clientes

Os treinamentos de Clientes variam numa escala. Nessa, a extremidade inferior é quando seu relacionamento com a Empresa é feito com baixa interação de tecnologia e alta interação pessoal. Já a outra extremidade é de alta tecnologia e baixa interação pessoal. Sendo assim, a seguir falarei sobre Treinamento virtual de clientes: Essa escala mencionada acima começa pelo treinamento um a um com o cliente, ou seja, uma pessoa treinando um representante do cliente. Depois disso, temos treinamentos em grupos nas instalações do próprio Cliente ou em localidades especialmente montadas para tal. Logo a seguir temos o telefonema um a um (uma conversa sem suporte ou controle). A evolução dos treinamentos virtuais com clientes Daí evoluímos para o treinamento por telefone assistido onde o treinador, através de softwares, controla o computador do treinando à distância. Assim, começamos a sentir cada vez mais a presença da tecnologia. Essa, segue em frente embutindo funções de ajuda no próprio produto (nos softwares, por exemplo, nos acostumamos com os helps) com dicas, glossários e perguntas mais freqüentes. Continuando em nossa escala, aumentamos a autonomia do cliente através dos manuais de referência avançando com os Demos e Tutoriais (em geral CD’s que acompanham os mais diversos produtos). Após isso, chegamos aos programas de auto-estudo que podem ser realizados a qualquer hora. Temos as salas de aula virtuais, que podem ser por conferência telefônica acompanhada por softwares de colaboração. Já tivemos a oportunidade de participar de treinamentos envolvendo várias localidades nacionais e internacionais. Nessas ocasiões, todos falavam ao mesmo tempo através de telefones viva-voz e acompanhavam a projeção na tela com o treinador explicando e movimentando...

Como a Lederman pode melhorar a sua educação corporativa

É hora de melhorar a educação corporativa da sua empresa. A sua empresa encontra dificuldades no desenvolvimento de competências dos membros para cumprir as metas estabelecidas, falhas em pregar os valores e implementar uma cultura empresarial efetiva? Todos esses problemas são comuns na vida de uma empresa, especialmente as mais jovens. O que é a Educação Corporativa? Educação corporativa (ou empresarial) é a capacidade de aliar a missão e a visão da sua empresa ao processo de aprendizagem e manutenção do que é aprendido por cada um dos membros. Significa estar alinhado ao que a empresa quer de você e do trabalho que ela entrega. Para isso, a Educação Corporativa é voltada para o reforço da cultura empresarial de sua instituição e o desenvolvimento de competências e práticas que o auxiliem a atingir seus objetivos. Especialistas em educação corporativa A Lederman já formou mais de 10 mil profissionais em cursos de Educação Corporativa ao longo dos anos. Como melhorar a educação corporativa? A Lederman participa da formação de universidades corporativas, tendo como foco a liderança e desenvolvimento de gestores e a criação da Universidade Corporativa de Vendas de Cartões de Crédito e Atendimento ao Cliente. Anos de experiência no ensino à distância (EAD) provam a qualidade e reputação da Lederman em criação e distribuição de conteúdos à distância e mistos para auxiliar a formação de empresas. Materiais como treinamento e relacionamento e vendas. Além disso, em matéria de Educação Corporativa, a Lederman participa, junto ao Ministério da Educação, da elaboração, aprovação e aplicação de programas ligados às necessidades corporativas. Entre outros programas, além da Graduação Tecnológica (EAD), estão o...

Como definir metas de vendas para sua equipe

Definir metas de vendas é uma tarefa difícil. É parâmetro para a avaliação do desempenho e remuneração, deve ser feita de maneira simples, justa, realista e motivadora. As metas, além do mais, revelam qual é a expectativa da empresa em relação às vendas e desempenho. A experiência mostra que pessoas com metas traçadas têm desempenho melhor a longo prazo do que outras que não têm.  Cultura x Metas de vendas A cultura da força de vendas se define como regras não-escritas que regem o comportamento. As metas por sua vez, tem a capacidade de priorizar o que é importante na cultura para auxiliar no atingimento dos objetivos. Cultura e metas, portanto, estão entrelaçadas. Metas são parâmetro da cultura. Certas culturas privilegiam o foco nas pessoas e atividades e outras privilegiam o foco nos resultados para o cliente e para a empresa. Essa dicotomia cultural forma a base de uma das principais discussões na determinação de metas: as metas devem ser fixadas em termos de pessoas e atividades de vendas ou em termos de resultados. A resposta para esta pergunta está no ambiente de vendas. As metas, por exemplo não podem ser fixadas com foco em resultados se as métricas não podem ser medidas com precisão. Tipo de especificação de metas Metas baseadas nas pessoas e atividades de vendas As metas com base na atividade pressupõem que a empresa tem conhecimento das atividades mais adequadas para alcançá-las. Isso é possível quando a empresa dispõe de dados que fazem cruzamentos e comparações e determinam quais atividades são mais eficazes. Ao mesmo tempo os sistemas de prospecção da empresa refletem quais são...

5 dicas para desenvolver o trabalho em equipe na sua empresa

Uma empresa sólida é uma instituição que entrega resultados, produtos de alta qualidade. Trabalha com processos ágeis e possui uma equipe competente. Tudo isso não pode ser alcançado sem que a matéria-prima principal de uma empresa esteja bem: as pessoas. O trabalho em equipe é fundamental para o sucesso do trabalho e também no âmbito pessoal. Trabalhar em um lugar onde as pessoas se relacionam bem é fundamental para qualquer um. A Lederman Consulting & Education pode te ajudar a melhorar o trabalho em equipe na sua empresa. Através de treinamentos empresariais, cursos de Educação Corporativa e palestras, além de trazer ao Brasil regularmente cursos de profissionais que passaram pela Disney. Através da Lederman, eles já ensinaram a mais de 10 mil profissionais brasileiros as práticas inovadoras de lá. Para você se familiarizar com o assunto, o site da Lederman listou 5 dicas para você melhorar o trabalho em equipe na sua empresa. Confira!     1-      Confie na equipe e delegue responsabilidades. O desafio move o ser humano. Uma ótima forma de engajar todos em prol do trabalho em equipe é distribuir metas que vão exigir competência dos membros da empresa. Delegando responsabilidades, você valoriza o trabalho deles e mostra que confia na equipe. 2-      Consulte-os quando precisar tomar decisões. Se um momento de decisão chegou até você, consulte as pessoas que estão à sua volta. Você pode até já ter a decisão clara na sua mente, mas envolver os membros da empresa mostra que você reconhece a importância da visão de todos pela empresa. Além disso, é uma forma de mostrar o que acontece na instituição e, assim,...

5 dicas de como melhorar a educação corporativa na sua empresa

Educação Corporativa é o termo dado a práticas em conjunto dentro de uma empresa que coordenam a gestão de pessoas e do conhecimento em prol do planejamento estratégico da instituição. O grande desafio é fazer todos os membros da empresa entenderem e dominarem o conceito de educação corporativa e praticarem isso no dia-a-dia. Para isso, o blog da Lederman pensou neste texto, que traz 5 dicas para você melhorar a educação corporativa na sua empresa. Confira! #1 Ouça o chamado da tecnologia – você dá chance aos dispositivos móveis? A interação entre pessoas e empresas acontece cada vez mais através da internet. E a internet está cada vez mais presente através dos celulares. Saber elaborar uma estratégia que envolva o mobile em seus treinamentos é um requisito essencial para melhorar a educação corporativa na sua empresa. #2 Investigue as melhores formas de aprendizado dos seus membros Compartilhar documentos, fóruns, slides, tudo isso é muito comum nas empresas. No entanto, em muitos   casos, isso não serve para melhorar a educação corporativa. Isso porque cada um aprende de uma maneira diferente. Vale a pena investir tempo e recursos em descobrir   qual o melhor meio de treinar sua equipe. Vale a pena se dedicar ao social learning para que ele seja realmente   efetivo. #3 O aprendizado não pode ser massificado Cada funcionário tem um tipo de dificuldade ou facilidade com determinado ponto das políticas da sua empresa. Como dissemos na segunda dica, cada um aprende de uma forma também. Realizar treinamentos com o mesmo conteúdo massificado para uma equipe significa que nem todos vão absorver o conhecimento como deveriam....

Os 7 problemas mais comuns nas empresas

Quais são os problemas mais comuns nas empresas? Uma empresa depende de processos bem estruturados através dos quais membros satisfeitos e qualificados possam entregar produtos ou serviços de qualidade. Assim, clientes saem satisfeitos e fidelizados e, consequentemente, outros clientes chegam. Esse é o mapa perfeito para o sucesso de qualquer empresa. No entanto, como não somos robôs, uma série de obstáculos aparece no caminho de qualquer empreendedor. Em qualquer parte desse “mapa”, problemas comuns atrapalham o funcionamento ideal da empresa. Não existe fórmula mágica, exata, para resolvê-los. Por isso, o blog da Lederman Consulting & Education elaborou este texto com os 7 problemas mais comuns nas empresas. #1 Falta de engajamento dos membros e insatisfação Nada pode ser pior que ter que membros infelizes. A empresa depende, fundamentalmente, de quem trabalha nela. São as pessoas que personificam o que é a instituição. Para que isso seja positivo, elas precisam ser felizes. Isso se reflete diretamente no trabalho entregue. Realize pesquisas, converse informalmente ou formalmente, procure descobrir o que está acontecendo. Se o problema é com poucos membros, isso é sinal que problemas particulares podem estar inteferindo – mas não se engane! A empresa pode fazer muito por seus membros, mesmo no âmbito pessoal. Se o problema for generalizado, é sinal de que algo anda errado com a empresa como um todo. #2 Trabalho entregue não é satisfatório Se o produto ou serviço que sua empresa oferece não é bom, dois motivos podem explicar esse problema: incompetência ou problemas nos processos. Se seu processo de seleção for deficiente, pessoas que não estão aptas para os cargos que elas ocupam ou...